Tudo Sobre a Dieta Ayurvédica

Tudo Sobre a Dieta Ayurvédica


O Ayurveda, filosofia médica oriental vinda lá da Índia antiga, tem a observar com o deus Brahma, o criador, que revelou estes ensinamentos para promover o bem da humanidade. A palavra significa “ciência da vida”, e tem como principal conceito o de confiar que tudo no universo, inclusive o corpo humano, dá os 5 elementos da natureza. A dieta ayurvédica apresenta ao organismo compreensão pra que você consiga atingir o equilíbrio completo. A nutricionista Paula Fernandes Castilho complementa que o principal propósito da dieta ayurvédica não é a perda de peso, porque as pessoas que a seguem acreditam que ela previne doenças, à capacidade que evolução o sistema imunológico.


O exercício consciente dos sabores dos alimentos é o regulamento principal da dieta, que bem como aposta em eliminar as quantidades de produtos artificiais, corantes e conservantes. Isto tudo será a chave pra sincronizar as energias vitais do teu corpo. Paula garante que a dieta se baseia em alimentos antioxidantes, ricos em fibras e com miúdo poder de alergenicidade, trazendo numerosos privilégios à saúde.


Além da prevenção de doenças, alguns especialistas acreditam que ela assim como seja capaz de precaver o envelhecimento precoce. Perder calorias acaba vindo como resultância do método. Ainda segundo Paula, as reações do organismo variam de pessoa para pessoa, mas como a dieta ayurvédica promove a baixa ingestão de carboidratos e gorduras, ela assim como socorro no emagrecimento. Ela promove um balanço energético negativo, que se caracteriza na ingestão de calorias menor que o gasto calórico. Contudo o que é esse tal de Dosha?


No Auge De Seus cinquenta e três Anos

Aderson. Os Doshas são três: Vata, Pitta e Kapha, e indicam os perfis biológicos de cada pessoa. De acordo com a suposição, toda humanidade possui as três energias, todavia a toda a hora existe uma ou duas que predominam. Como eu faço para saber o meu Dosha? A melhor dica a todo o momento é marcar uma consulta com um médico especialista em Ayurveda, que fará uma leitura diagnóstica. Todavia, no site da Associação Brasileira de Ayurveda tem um teste bem completinho para você fazer e estabelecer quais são os seus Doshas mais aflorados.


  • Impossibilitar o consumo de embutidos como salsicha, linguiça, mortadela e salame
  • cinco Exercícios para Braços Grandes
  • 150 gramas de beterraba picada cortada
  • 1 - “Eu posso fazer você emagrecer”
  • Sente-se com as costas retas sobre a cadeira, todavia sem apoiá-las totalmente no encosto
  • Modelo 1
  • 1 Dieta Paleolítica

Vinte e oito Dicas Para Maximizar A Queima De Gordura

Este Dosha se caracteriza por ser gelado, suave e seco, e é relacionado aos elementos do ar. Quando a energia Vata está em desequilíbrio, a pessoa pode parecer cansada e ansiosa. A dieta Vata precisa priorizar os sabores adocicado, ácido e salgado, e deixar de lado os sabores amargos e adstringentes, presentes nos alimentos frios, secos, leves e gelados. O que a tua dieta deveria acrescentar? Frutas: maduras e adocicadas são as melhores: banana, cereja, amora, uva, limão, lima, melão, laranja lima, pêssego, abacaxi, ameixa, mamão, abacate e coco.



Vegetais: cozidos com condimentos: aspargo, beterraba, cenoura, pepino, cebola, ervilha, batata adocicado, abóbora, espinafre, lentilha, azeitona, alho, feijão verde, aipim, inhame, brócolis e couve-flor, algas e bardana. Cereais: cozidos ou aquecidos: aveia, quinoa, arroz basmati e integral e trigo. Leguminosas: cozidas com condimentos: lentilhas, ervilhas, feijão moiachi e tofu. Laticínios: leite orgânico e derivados são bons para Vata: leite de vaca ou de cabra, buttermilk, ghee, queijo minas, coalhada (de preferencia orgânicos).


Alimentos de origem animal: galinha caipira ou frango orgânico, ovos, peixes e frutos do mar, peito de peru. Condimentos: a maioria dos temperos estão liberados: pimenta, tomilho, cravo, canela, cardamomo, cominho, coentro, alho, gengibre, noz moscada, orégano, hortelã, açafrão, alecrim, cebola, erva adocicado, manjericão, orégano, salsa, cebolinha e louro. Oleaginosas: todas estão indicadas, todavia com moderação: castanhas, amêndoas, pistache, nozes, gergelim, amendoim e coco.


Óleos: Moderadamente são bons: ghee, gergelim, azeite de oliva e óleo de abacate. Bebidas: leite de amêndoas, suco natural das frutas sugeridas, leite de soja morno com condimentos, leite de arroz e água de coco. Chá de ervas: camomila, erva-açucarado, gengibre fresco, canela, capim limão e hortelã. Vegetais: crus, secos e frios: alface, tomate, brotos, berinjela, batata e saladas. Cereais: secos, como granola, milho, painço e centeio.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *